Prefeito participa de audiência para tratar de demandas dos condutores de transporte alternativo do município

Na tarde desta terça-feira, o prefeito Tiago Venâncio, esteve participando de audiência pública realizada pela União dos Prefeitos da Bahia – UPB junto ao Ministério Público com o objetivo de apresentar demandas sobre as questões que envolvem a simplificação do sistema dos transportes alternativos no Estado da Bahia.

Na reunião, o presidente da UPB, Eures Ribeiro, propôs uma discussão ampla com todos os órgãos representativos e realizar um levantamento, definindo quais são as linhas de transporte alternativo que operam por município, e além disso, ser de responsabilidade das prefeituras a concessão do transporte complementar.

Após a audiência, foi definido que cada município irá fazer um levantamento das demandas das linhas e envia-las à UPB que encaminhará para a AGERBA (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia), tendo em vista a simplificação do processo de legalização dos condutores de transporte alternativo da Bahia.

O prefeito Tiago Venâncio destacou que este é um importante passo para a legalização dos transportes alternativos nos municípios, e garantir que o processo ocorra de forma simplificada é fundamental. “É muito importante que nós prefeitos estejamos ao lado destes trabalhadores buscando a legalização das suas atividades, pois sem eles os municípios param” destacou o prefeito.

O prefeito destacou ainda, que a regulamentação destes transportes é uma solução econômica e social essencial, e, portanto, está na luta junto aos representantes da categoria.

Estiveram presentes na reunião além do Prefeito Tiago Venâncio, e o prefeito de Bom Jesus da Lapa e presidente da UPB Eures Ribeiro, o prefeito de Serra do Ramalho e Presidente do Consórcio Velho Chico, Italo Rodrigo, o Prefeito Vanderlei Cardoso de Tanque Novo, o Secretário de Infraestrutura Marcus Cavalcanti, Diretor Executivo da AGERBA Carlos Henrique e representantes das Cooperativas e Sindicatos dos Transportes Alternativos.